Inteligência na Gestão

O papel dos analistas de Inteligência é produzir conhecimentos que permitam ao decisor estratégico e à sua organização antecipar eventos e movimentos, evitar surpresas e reduzir a incerteza na toma de decisões. Para isso direcionaram o seu trabalho elaborando avaliações, estimativas, projeções e alertas.

É importante ressaltar que Inteligência e Gestão Estratégica são processos complementares. Uma orienta o trabalho da outra. Portanto, pode-se dizer que falar em Gestão Estratégica sem Inteligência, para dar suporte e informação a decisores e gestores, é como dirigir à noite, sem faróis.

Pode-se ir em frente por algum tempo, mas certamente a surpresa adiante será inevitável. E ela não será boa.

 Objetivos:

  • Tornar-se mais competente no seu papel através do uso de ferramentas e processos comprovados.
  • Aumentar a sua flexibilidade conhecendo os comportamentos apropriados a cada situação.
  • Agir eficientemente através da análise de riscos e problemas.
  • Construir boas relações de trabalho.
  • Otimizar o seu desempenho e impulsionar o seu desenvolvimento.