Liderar à distância

Apesar de muitas equipas tenderem, desde sempre, a estar dispersas geograficamente, a globalização e as possibilidades abertas pelas novas tecnologias vieram ampliar o âmbito da sua ação, permitindo explorar novos mercados e integrar colaboradores em diferentes partes do globo.

Para o Gestor, lidar com uma equipa dispersa geograficamente e ligada via tecnologia, envolve novos e importantes desafios.

Evoluir da “cultura de escritório” para o feedback à distância é um desses desafios.
Outro é o de lidar com colaboradores e clientes com motivações, expectativas e valores culturalmente diversos.

Objetivos:

  • Motivar e liderar equipas virtuais com eficácia, usando as tecnologias da comunicação para criar alto envolvimento entre os seus membros e dinamizar os planos de ação, adaptando-se às novas fronteiras da dinâmica da equipa
  • Adaptar-se a formas de interação social e valores culturalmente diversos

 


1- Gerir uma equipa virtual

  • Uma matriz de coordenação sistemática dos membros de uma equipa virtual.
  • Orientações para a definição precisa de objetivos e agendas de trabalho:
    • estabelecer normas e determinar papéis.
  • Saber criar rotinas e regularidade na interação.
  • Monitorizar os indicadores de desempenho individual e coletivo através de tecnologia da informação.
  • Selecionar a tecnologia adequada à comunicação.

2- Comunicar online: técnicas e boas práticas

  • Efeitos das tecnologias da informação no comportamento social: como lidar com as dificuldades.
  • Comunicação escrita online (email, chat): como evitar os erros mais comuns.
  • Coaching virtual:
    • técnicas para a orientação e a focalização dos membros da equipa nas tarefas;
    • estratégias para motivar e gerar confiança à distância;
    • treinar a equipa virtual: como formar à distância.
  • Resolução de problemas e decisões: como obter feedback das ações dos colaboradores.
  • Comunicação intercultural: adaptar os formatos das mensagens aos valores culturais em uso.
  • Lidar com desempenho insuficiente: prática de feedback online.

3- Gerir teleconferências e reuniões à distância

  • Reuniões online ou face a face? Limites à eficácia das sessões de teleconferência.
  • Como estruturar reuniões eficazes: regras para obter clareza e disciplina na troca de mensagens.
  • Encorajar a participação, mantendo uma boa gestão do tempo.
  • Orientações para garantir a participação e obter um elevado grau de compromisso com as decisões/conclusões.
  • Garantir a passagem à ação: o seguimento das reuniões/teleconferências.

4- Desenvolver um plano individual de liderança à distância

  • Elaborar um plano para implementar as competências de liderança pessoal de uma equipa virtual:
    • autodiagnóstico de pontos fortes e fracos;
    • estabelecimento de objetivos de progresso.